Como detonar um iPod Touch em 5 dias

Para conseguir este feito siga os passos abaixo:

1º dia

  • Faça o download do iTunes, instale no Windows ou Mac e faça o primeiro sincronismo;
  • Crie uma conta no iTunes e faça a atualização do Firmware;
  • Aproveite e compre algumas músicas, vídeos e aplicativos.

2º dia

  • Passe algumas horas organizando sua biblioteca de MP3 e converta seus vídeos para MP4;
  • Configure suas preferências, contas de e-mail, posição dos icones, etc.

3º dia

  • Desbloqueie o seu iPod Touch (Jailbreak/Pwned);
  • Baixe um monte de aplicativos pelo Installer e Cyndia;
  • Aproveite os joguinhos;
  • Baixe um monte de vídeos no MxTube.

4º dia

  • Acesse seu iPod direto do Ubuntu Linux, para isso instale o OpenSSH, ative, encontre o IP de seu iPod, e configure o Ubuntu para acessar em Locais/Conectar ao Servidor, digite o IP, usuário root e senha alpine (dica);
  • Procure o Labyrinth no Google (é bloqueado na App Store Brasil), descompacte, envie via SSH para a pasta Applications, altere as permissões de acesso e reinicie o Touch;
  • Aproveite a hora do almoço, crie uma conta gratuita no iTunes americano (dica) e baixe algumas músicas, apps e seriados;
  • Sincronize o iPod com o Ubuntu e gtkpod (dica).
Eu sei que não é um iPod Touch, mas a dica deve funcionar para iPhones também.

Eu sei que não é um iPod Touch, mas a dica deve funcionar para iPhones também.

5º dia

  • Instale o Amarok, organize sua biblioteca, conecte o Touch e transfira suas músicas para o iPod;
  • Reinicie o iPod, e veja suas músicas;
  • Procure seus vídeos;
  • Tente sincronizar com o iTunes (não se assuste com as mensagens dizendo que ocorreu um erro fatal);
  • Reze para ter um backup;
  • O ciclo recomeça.

Meu primeiro iPod

Pois bem, demorou mas chegou. Semana passada adquiri um iPod Touch. Até pensei em comprar um iPhone mas fiquei na dúvida se valeria a pena pois ainda não conhecia a sua interface de perto, então, resolvi experimentar o Touch. Abaixo descrevo minhas primeiras impressões.

A tela é maravilhosa e a interface com o usuário é espetacular. A única coisa que fica a desejar é a digitação no teclado virtual, que nem se compara com os teclados dos Nokias (E62, E71), Blackberries ou Moto Qs.

Outra coisa que também não gostei é da dependência do iTunes para fazer qualquer coisa no iPod, mas isso eu já sabia. Como não existe iTunes para Linux, sou obrigado a usar Windows ou Mac para transferir músicas e vídeos para o aparelho.

A bateria é um outro item que não gostei, se esvai rapidinho, e como não vem carregador de parede (carrega pelo cabo USB que acompanha o aparelho), depende de um PC ou Notebook por perto para recarregar. Isso pode ser remediado adquirindo um carregador a parte. Eu tenho um carregador para MP3 players genérico com saída USB mas não funcionou com o iPod, então, só adquirindo o acessório da Apple mesmo.

Bom, tirando isso, o resto é maravilha. Transferir músicas para o aparelho é muito fácil, é só instalar o iTunes, sincronizar e pronto. Para os vídeos é a mesma coisa, mas o ideal é que os vídeos já estejam no formato do iPod (mp4), senão o próprio iTunes pode converter o vídeo, mas é um processo demorado.

A Apple lançou este ano a App Store, que comercializa aplicativos para o iPhone 3G. Para a versão anterior do iPhone e para o iPod Touch a Apple disponibilizou uma atualização de software (firmware) que torna a App Store compatível com esses dispositivos.

O iPod que adquiri veio com o seu firmware na versão 1.4.4, e a versão atual é a 2.0.2. A Apple cobra a atualização (US$ 9,90) apenas para o Touch, para o iPhone é gratuita. Para atualizar, é necessário uma conta no iTunes. A maioria dos aplicativos da App Store são pagos mas os valores são bem em conta. Também existem alguns aplicativos gratuitos.

Descobri que para este firmware (1.4.4) e agora para a versão mais nova (2.0.2) existe uma maneira de instalar aplicativos de terceiros (fora da App Store) com um método chamado Pwned/Jailbreak (não me pergunta que eu não sei o que significa). Existe um excelente tutorial do Fábio Perez que explica como fazer. Fiz e funcionou perfeitamente. Foi adicionado dois aplicativos (Cydia e Installer) que permitem instalar programas fora da App Store. Acredito que os iPhones que são desbloqueados no Brasil já venham esses dois aplicativos instalados, mas para o iPod Touch é uma alternativa para não ficar dependente do iTunes.

Uma coisa importante de se relatar é que depois que se criar uma conta no iTunes, por ser brasileiro, perde-se o acesso a loja de músicas e vídeos, pois essa não funciona no Brasil. É uma pena pois a loja é bem legal (dá para ouvir 30 segundos de cada música) e os álbuns são bem em conta (cerca de US$ 9,90). Talvez com a chegada do iPhone 3G ao Brasil, eles abram a loja para nós. Enquanto isso, é possível adicionar a sua biblioteca de MP3, CDs e vídeos sem problemas no iTunes.

Com uma conta brasileira no iTunes, hoje só é possível comprar os aplicativos (nem as capas dos albuns são permitidos baixar). Descobri, em uma dica do Silvio Sousa Cabral, que é possível criar uma conta americana apenas para baixar o conteúdo gratuito (incluindo as capas dos álbuns) e sem a necessidade de cartão de crédito. Para isso, com o iTunes desconectado de qualquer conta, tente comprar um aplicativo freeware, ao ser solicitado o usuário e senha do iTunes, clique em criar nova conta. Vá preenchendo os dados, ao colocar os dados de cartão de crédito, escolha “none” e complete o cadastro.

Depois de um tempo, irá receber um e-mail do iTunes com um link para ativar o cadastro. Feito isto, está pronto. Agora o negócio é curtir algumas músicas.

Gadget do IGoogle no Adsense?

Parece que o Google anda testando novas formas de publicidade via Adsense/Adwords.

Além de textos, imagens e vídeos, agora estão aparecendo gadgets do IGoogle como forma de publicidade.

O interessante é que o Google está sempre buscando novas formas de publicidade que sejam interativas e relevantes ao mesmo tempo.

Os anúncios em gadgets do IGoogle foram lançados em 2007, conforme divulgação oficial do Google, mas eu ainda não tinha visto nenhum na Web.

Nova versão do Orkut para Symbian


Nesta semana foi lançada uma nova versão do Orkut mobile aprimorada para celulares Symbian Series 60 3rd.

Orkut Mobile S60 01

O Orkut mobile, que foi lançado em abril, era simples e permitia apenas a leitura e envio de
scraps para a lista de amigos. Agora com os aprimoramentos desta versão é possível visualizar a galeria de fotos, pesquisar novos amigos, fazer uploads para o álbum de fotos, alterar o status e denunciar abusos.

Orkut Mobile S60

O Google afirma que a nova versão avançada funciona em diversos modelos de celulares com Symbian incluindo os Nokias Series N (N95, N82) e os Samsungs SGH.

Orkut Mobile S60 03

Testei em um Nokia E62 e funcionou, apesar de que, em algumas páginas, as letras acentuadas ficaram desconfiguradas (problema de codificação). Ao relatar o problema, o Orkut identificou o meu celular como um Nokia E65 (talvez o problema esteja relacionado à isto). Outra coisa que notei é que não incluíram interação com as comunidades ainda, mas este recurso deve ser incluído no futuro. Fora isso, essa versão funciona bem.

Portanto, se você tiver um celular com Symbian S60, divirta-se. Digite m.orkut.com.

Configurando e hospedando um blog com o WordPress do início ao fim

Essa é uma dica para hospedagem e configuração de um blog completo do início ao fim  utilizando o WordPress.

É bom ter algum conhecimento técnico referente às tecnologias da internet como: uso do FTP, edição de arquivos HTML, etc. Senão, é melhor contratar uma empresa especializada ou pedir ajuda para um amigo que entenda disso.

WordPress

Fase 1 – Preparar o local para hospedagem.

1) Escolher o assunto do blog

É importante ter isso bem definido para as próximas etapas (definição de nome, endereço, temas, recursos e obviamente, o conteúdo).

Vamos, como exemplo, utilizar o assunto “mineração”, onde poderia ser abordado o trabalho dos mineiros, as novas jazidas de diamantes na África, o uso do carvão como combustível, o ouro levado do Brasil, o estudo de pedras preciosas, etc.

Continue reading